Mourão, o incendiário "prudente"

28 de fevereiro de 2019 Off Por Senhor X

Da Redação – Aos que acham que o general Mourão cumpre um papel de prudência no conflito da Venezuela, já podem ir revendo suas posições.

Hoje, ele tomou a frente de jogar lenha na fogueira da provocação, ao aceitar receber o farsante Juan Guaidó na sede do governo brasileiro.

Com frases de efeito, Mourão faz de conta que defende a não intervenção militar por razões políticas, ou coisa que o valha.

Na verdade, ele vende essa conversa mole porque sabe que o Exército Brasileiro é uma piada diante das Forças Armadas venezuelanas.

A cada dia que passa, a turma do Haiti e do Frota enfiam ainda mais a sua cabeça no buraco e jogam a história do Exército brasileiro no lixo.