Reflexões de quarentena

O ovo e as galinhas

É tudo tão claro.

Se Governo fosse uma coisa, e o Exército fosse outra, seria tranquilo. O presidente – do Governo – falava uma coisa, e o comandante do Exército falava outra, ao contrário.

Normal, na democracia. Tenso, mas natural.

O problema é que o Exército é o Governo. E o Governo é o Exército.

A mesma coisa.

E Bolsonaro manda no Exército.

Ele é quem tem os “votos”. A caneta. E os cargos.

O Exército vai pagar muito caro por isso.

Não foi por falta de aviso.

p/Fernando Rosa

ilustração/@paulokalv

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *